xose-tarrio.bmpActivistas da Comissom de Den?ncia e PreSOS seguem a denunciar os co-respons?veis da morte de Tarrio, hist?rico luitador?nas cadeias galegas, de ideologia anarquista. Xos? entrou a cumprir condena na d?cada de 80. Apenas dous?anos e meio que se convert?rom em 14. Era portador e doente do VIH desde 1989, mas nunca recebeu tratamento ajeitado. Os servi?os m?dicos de Teixeiro -cadeia conhecida polo desprezo aos direitos dos presos- receitam?umha aspirina ‘dizendo que era gripe’. No Juan Canalejo de Corunha, um tratamento insuficiente e mal?focado acelerou a sua morte.?

O 24 de Mar?o, membros da Comissom de Den?ncia concentrar?m-se ?s 12:30 diante do hospital corunh?s, e ?s 16:30 diante da subdelega?om do governo espanhol.

Comments are closed.