Meios difundem tentativa de fuga do preso independentista Ugio Caamanho enquanto silenciam dispersom penitenci?ria

Meios difundem tentativa de fuga do preso independentista Ugio Caamanho enquanto silenciam dispersom penitenci?ria

Segundo as ?ltimas informa?ons, o preso independentista galego Ugio Camanho, recluido em c?rceres espanh?is desde Julho de 2005, teria realizado umha tentativa de fuga da prisom de C?ceres (Espanha) na noite de ter?a-feira para quarta-feira passada. Funcion?rios do centro penitenci?rio em que se encontra dispersado teriam capturado o militante galego colocando-o posteriormente no regime de isolamento em que se encontra neste momento.

www.ceivar.org
? espera de poder contrastar devidamente todas as informa?ons, que hoje som ?carna?a? para o espect?culo em diversos meios absolutamente desinteressados a respeito da situa?om de vulnera?om de direitos em que se encontram desde 2005 tanto ele como a Giana Gomes, submetidos a desterro ilegal a centos de quil?metros do seu Pa?s, e com mais de 900 dias em ?prisom preventiva? sem ju?zo, de Ceivar exigimos a imediata suspensom do regime de incomunica?om em que se encontra o preso galego e o restabelecimento de todos os direitos legais de que ? objecto.

Manipula?om informativa

Diversos meios de difusom operativos na Galiza difundem no dia de hoje a tentativa de fuga do patriota galego Ugio Caamanho, desterrado ilegalmente desde Maio de 2006 ao centro penitenci?rio de C?ceres, a mais de 600 quil?metros da Galiza, tr?s ser dispersado em Julho de 2005 aos c?rceres de Soto del Real e Navalcarnero, ambos situados na Comunidade Aut?noma de Madrid.

A not?cia que dou o disparo de sa?da para a ?informa?om? que hoje publicam os meios aparecia no dia de onte em ?El Peri?dico de Extremadura?, reproduzindo estes diversas tergiversa?ons recolhidas na fonte original. Assi, alguns meios recolhem a falsidade de que o militante independentista ? membro do nosso organismo anti-repressivo, afirma?om em si pr?pria contr?ria a toda l?gica, dado que Ceivar ? umha estrutura do Movimento de Liberta?om Nacional Galego destinada a denunciar a repressom pol?tica e dar cobertura ?quel@s militantes que som objecto da mesma, e o companheiro Ugio Caamanho nom fai nem fijo nunca parte da mesma.

Continuar com a solidariedade

De Ceivar, conhecedores do papel e as pr?ticas que desenvolvem os chamados ?meios de comunica?om?, nom podemos mais que valorizar que a ?vincula?om? estabelecida nom tem outro objectivo que colocar o organismo anti-repressivo na diana da repressom e favorecer processos de criminaliza?om que, a posteriori, podam derivar em consequ?ncias de tipo repressivo para militantes do nosso organismo e para a pr?pria estrutura, na linha desenvolvida desde o in?cio da ?Operaci?n Casti?eiras? em 2005. Lembramos que doze militantes independentistas se encontram processad@s pola Audi?ncia Nacional de Espanha desde o come?o da opera?om policial.

Animamos os leitores e leitoras do portal a continuar com a solidariedade praticada nos ?ltimos dous anos longos com o preso e a presa independentistas ?dispersada a ?vila-, visitando no c?rcere, enviando correio postal ao militante galego e participando em eventuais mobiliza?ons. Anunciamos tamb?m aos ?meios de comunica?om? que nengumha sataniza?om, nengumha persegui?om medi?tica, nengumha manipula?om informativa, como as que praticam for?ando todos os c?digos deontol?gicos, nos vai separar da nossa linha estrat?gica de interven?om: neste caso, dar cobertura solid?ria a um preso e umha presa independentistas galegos, denunciar as vulnera?ons de direitos de que som objecto desde h? mais de dous anos e dizer ao nosso povo com orgulho que, quem neste momento se encontram nas gadoupas espanholas, luitando pola liberdade e a dignidade, som umha patriota e um patriota galegos, pessoas ?normais? que na sua traject?ria vital, conhecida e reconhecida por centos e milhares de galegas e galegos, unicamente se tenhem destacado por exercer um compromisso exemplar com a luita pola libera?om nacional e social do nosso Pa?s. Temos a certeza absoluta de que el@s nom som os ?terroristas?.

Liberdade patriotas galeg@s!
Nom som ?terroristas?, som independentistas!
A dispersom tamb?m ? tortura!
Repatria?om j?!

GIANA RODRIGUES GOMES
Centro Penitenciario de Brieva
M?dulo azul
Carretera de Vicolozano
Apartado 206
C?digo Postal 05194
Brieva, ?vila
Espanha

UGIO CAAMANHO SAM-TISSO
Centro Penitenciario de C?ceres
Carretera de Trujillo, s/n
Apartado 480
C.P.10004
C?ceres
Espanha

Comments are closed.