ImageJ? nom h? pretextos para dizer que ‘s? h? versom espanhola’. Os e as militantes dos movimentos populares galegos seguem a aumentar dia tr?s dia, e gra?as ? net, as suas possibilidades de forma?om no nosso idioma. H? escassos meses ocupava o seu espa?o na rede de redes o portal www.odiario.info, um cumprido repasso da actualidade internacional dumha perspectiva de esquerda e revolucion?ria. Algumhas das penas mais conhecidas do planeta falam em galego-portugu?s sobre a actualidade anti-imperialista.

www.odiario.info

Este novo recurso informativo nom vem nada mal ?s pessoas interessadas em seguir a actividade de muitas lutas que s? conhecemos deformadas polas peneiras televisivas. Mais ainda quando, na internet, a Galiza activa multiplica os seus recursos, mas sem se prodigar demasiado na an?lise internacional.

O conselho de redac?om de www.odiario.info, pretende achegar mais um grauzinho de areia na desputa ‘contra o controle hegem?nico do imperialismo sobre o sistema medi?tico’. Os e as autoras surgem para ‘tomar lugar na trincheira dos que procuram fazer da reflexom a arma utilizada no combate’. Desde umha linha editorial portuguesa, aderem a um ‘internacionalismo actuante, humanista e solid?rio’. Querem tamb?m ‘fugir dos exerc?cios de futurologia e dos artigos especulativos’, apostando por umha linha formativa e did?ctica.

Evitando a peneira espanhola e os grandes monop?lios medi?ticos, milhares de galegos e galegas podemos aproximar-nos ? Col?mbia, Palestina, Curdist?m ou Bol?via desde discursos rigorosos e na versom internacional do nosso idioma. A contra-informa?om segue a diversificar as suas ferramentas.

?

Comments are closed.