??cizalha.gif

?MARCHA ? CADEA D?A LAMA

???? www.ceivar.org????http://www.denuncia.cespp.org

?No que resta de ano 2006, diversos colectivos anti-repressivos galegos, entre os quais o nosso, tenhem previstas convocat?rias de marchas anticarcer?rias, de que iremos ami?de informando deste portal. A mais pr?xima ? a do dia 26 de Novembro cara ao penal ponte-vedr?s d’A Lama, segundo se pode ver no cartaz que anexamos na fotografia.

O protesto ? organizado pola Comissom de Den?ncia da Galiza, colectivo de livre adesom de luita contra a tortura e os maus tratos em centros de deten?om e cust?dia policial, em que o nosso Organismo Anti-repressivo participa.

O penal nesta ocasiom alvo do protesto ? conhecido por ser das cadeas mais duras das instaladas no nosso Pa?s.Inaugurada polos finais de 1999, supom um bom exemplo da pol?tica penitenci?ria do governo espanhol,baseada na constru?om de macrocadeas constru?das em zonas despovoadas,afastadas da sociedade co fim de criar centros marginais em que se reclua a pobreza. Segundo vinh?rom denunciando nos ?ltimos anos associa?ons anti-repressivas como PreS.O.S.-Galiza e Esculca (Observat?rio polos Direitos e Liberdades),as condi?ons de vida das pessoas ali retidas som realmente infra-humanas: sobrepopula?om carcer?ria, faltas de aten?om higi?nica e sanit?ria,escandalosos estados de desnutri?om dos presos ou, chegando aos casos mais extremos,
situa?ons de torturas aberrantes:

veja-se o conhecido caso do argelino Said Hacene, quem apareceu coa cabe?a dentro do WC e umha corda ao pesco?o, no m?dulo de isolamento, em 2004; ou a indu?om ao suic?dio, nessa mesma ?poca,do preso P.M., a quem os funcion?rios dix?rom ao met?-lo na cela “d?-me os cordons dos sapatos desportivos, mas deixo-che o cordom do fato de treino para que te colgues”; afinal fora metido numha cela individual da pr?pria enfermaria, algemado ? cama e recebera umha brutal malheira dos carcereiros.

De Ceivar unimos a nossa voz ? das associa?ons que denunciam que, pese a que algum funcion?rio d’A Lama j? tenha sido processado, como R.F.E. em 2003, por delitos de lesons a presos, a pr?tica totalidade dos casos de maus tratos ficam na mais absoluta impunidade.

Todos estes motivos som mais que suficientes para aderirmos a marcha contra a cadea e animar a todo o mundo ? assist?ncia ao acto.

No vindeiro m?s de Dezembro, no dia 23, a Comissom de Den?ncia da Galiza convoca outra marcha contra o c?rcere de Teixeiro, sob o lema

H? MOTINS; H? MOTIVOS!

Comments are closed.