Cinco manifestantes forom denunciados pola encargada de Mercadona em Carvalho por supostas amea?as e injurias. Os factos producirom-se o pasado 20 de maio quando @s denunciad@s, tod@s membr@s da CNT, secundavam umha concentra?om convocada por este mesmo sindicato diante do establecimento que Mercadona tem em Carvalho.

?www.ceivar.org???????????????? http://www.cntgaliza.org/?q=node/251?

A concentra?om foi pac?fica em todo momento e a Guardia Civil acudeu a identificar aos concentrados, exig?ndo-lhes estes que mostrasem o n?mero de placa. O que parecia ser um acto de apoio ?s demandas laborais d@s empregad@s de mercadona transformou-se o dia 20 de outubro, quando @s 5 denunciad@s receberom a comunica?om de ir declarar como imputados por um delicto de amea?as e injurias.
Estamos diante de outro novo caso de intento de repressom diante de conflitos laborais como os que em dias atras denunciava-mos desde este portal. Aos casos de repressom laboral em Caixa Galiza, o sindicalista da CIG Carlos Vazquez de Ourense, o caso da cafetaria ho Hospital de Valdeorras, temos que unir este caso de Carvalho. A explora?om d@s trabalhador@s vai-se intensificando dia a dia nom duvidando a patronal em utilizar todas quantas medidas repressivas e policiais sejam necess?rias para calar a aqueles que lhes fagam frente.

Mais informa?om sobre o caso de Mercadona na liga?om inferior.

http://www.cntgaliza.org/?q=node/251?

?

?

Comments are closed.